sexta-feira, 31 de agosto de 2007

10 anos

And it seems to me, you lived your live, like a candle in the wind....
.

.
Foi há 10 anos que faleceu a “Princesa do Povo”, como era conhecida, sob circunstâncias ainda não totalmente esclarecidas. Lembro-me perfeitamente quando ouvia a noticia da morte da princesa Diana no rádio do meu carro. Estava de férias na Alemanha, e estava a caminho de Munique, terra onde vivia o meu irmão nessa altura.

Para quem gostava dela, é uma pessoa que nunca será esquecida!

Novos Radares na Estrada


.
Os radares são cada vez mais sofisticados! Já não basta olhar aos céus para ver se há radares por de trás dos painéis dos destinos ou espreitar se há um carro “suspeito” estacionado na berma, agora inventaram mais essa armadilha com o radar montado nos railes nas estradas. Se calhar, o melhor será mesmo cumprir os limites de velocidade....
.
.
Fotos enviadas por Jorge N.

Tell me why!


Digam-me porquê? Porquê é que eu sou assim? Faço desporto, quase diariamente na piscina, para quê? Para chegar a hora de jantar e deitar tudo a perder! Como que nem um leão, que nem um abade! Assim não chego lá, não senhor!

quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Resultados Sorteio Liga dos Campeões 2007

Para ver os resultados do sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões em 2008, clicar aqui!

Antes de mais, peço desculpas aos inúmeros internautas que procuraram aqui os resultados do sorteio de hoje da Liga dos Campeões em Futebol, e que só encontraram o post do ano anterior.

O sorteio realizou-se hoje pelas 17 horas no Mónaco, com três equipas portuguesas no “ringue”! Havia quatro potes, no primeiro estavam as oito equipas mais fortes, entre elas, 4 inglesas, 2 italianas e outras tantas da nossa vizinha Espanha. Isso espelha bem onde é que está a força futebolística neste momento na Europa....

Porto e Benfica se encontravam no pote dois, e por fim, o Sporting só encontrou lugar no pote três. Infelizmente não consegui acompanhar o sorteio por inteiro, tive um fim de tarde algo agitado na minha oficina.

À primeira vista, o FCP apanhou o grupo mais favorável dos três grandes. Vai jogar no grupo A com o Liverpool da Inglaterra, Marseille da França e o Besiktas da Turquia. O Benfica apanhou a fava com o campeão em título, o Milan da Itália. Nesse grupo D vão ainda jogar com os sempre difíceis escoceses do Celtic e com o Shakhtar da Ucrânia. O Sporting também tem razões de queixa. Calhou-lhe o Manchester de Cristiano Ronaldo. Jogam todos no grupo F, ainda com o Roma da Itália e com o Dinamo Kiew, também da Ucrânia.

Qualquer das maneiras, nenhum jogo será fácil. Hoje em dia qualquer equipa que chega até a essa fase não é pêra doce.

Para ver a tabela completa, clicar aqui e depois em Liga dos Campeões Resultados sorteio

Estudos

Há estudos sobre tudo e mais alguma coisa. Ora, um estudo, efectuado salvo erro nos EUA e certamente não encomendado por um laboratório farmacêutico, provou que nem todas as patologias de depressão o são na realidade. Provaram que pelo menos a metade dessas pessoas com esse diagnóstico são apenas infelizes!

Pois é, caros amigos! Todos sabemos que Portugal está no topo da Europa no que toca à venda de anti-depressivos! Portanto, nem toda a gente que toma essas coisas são depressivos, estão “apenas” infelizes. Razões? Muitas! Para começar, a mentalidade. A mentalidade do bota-abaixismo, do “o outro está sempre melhor do que eu”, e do “isto tudo é mas é uma grande m****!

Pessoalmente não sou um grande exemplo nessas andanças, eu sei! Estou assim por culpa própria, estando relativamente bem de saúde e com a cabecinha que tenho, podia e devia estar muito melhor na vida. Mas, tomando o exemplo dos AA, ao menos admito que não tenho andado bem, o que é o primeiro passo. Mas o mais importante é que não me meto em psicólogos nem na auto-medicação! Anti-depressivos, nem vê-los! De vez enquanto uma Aspirina, e mais nada! Melhores dias virão....

Agora, e tentando fazer uma análise a esse estado em Portugal, penso que as pessoas são muito influenciáveis! Há demasiada gente que absorve tudo o que vem casa dentro através da TV, através da publicidade! Ali, tudo é bonito e perfeito! Ou alguém já viu uma pessoa feia ou gorda nas publicidades da TMN etc.? Tudo bonitões e bonitonas, maquilhadas até dizer que chega e sempre a sorrir! Da maneira “chicoespertista” de falar em muitos anúncios já nem digo nada! O problema é que muita gente pensa que isso é o mundo real, e o mundo deles não presta. O melhor seria valorizar o que se tem, e não valorizar o que se gostaria de ter! Só que, mudar essa maneira de ser é complicado....

Solidão


.
Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo... isto é carência.

Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar... isto é saudade.

Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para realinhar os pensamentos... isto é equilíbrio.

Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente para que revejamos a nossa vida... isto é um princípio da natureza.

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... isto é circunstância.

Solidão é muito mais do que isto.

Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma.

(Francisco Buarque de Holanda = Chico Buarque)

quarta-feira, 29 de agosto de 2007

HSUS

É sabido que muitos países do dito primeiro mundo se preocupam bastante com a vida animal. Em tempos subscrevi uma petição que tenciona acabar com lutas ilegais de cães nos EUA. Por vezes, em forma de newsletter, recebo informações da associação que suportava essa petição, a "The Human Society of the United States", curto HSUS. Tendo em conta os acontecimentos no sul desse país durante o aparecimento do furacão Katrina em que muita gente teve que deixar para trás os seus animais de estimação, porque mal se conseguiam salvar a eles próprios, essa associação apareceu agora com um cartaz para se colar à porta da casa que avisa, em caso de emergência, que existem animais dentro de portas.
.

.
Claro, muita gente se pergunta, então, e as pessoas? As pessoas conseguem falar, telefonar, gritar, subir aos telhados das casas em caso de cheias, etc. Os animais, não! Assustam-se, escondem-se, e muitas vezes os próprios donos não os encontram na confusão que uma emergência normalmente provoca, e assim muitos animais ficam para trás! No outro dia vi um documentário impressionante sobre a busca dos animais durante essa catástrofe, e a consequente procura posterior pelos respectivos donos. Para ver imagens e histórias (em inglês) dessas buscas, clicar aqui e aqui.
.

sms

Também tu, Brutos? Sim, também eu! Por vezes também me deixo levar pela publicidade, embora fosse nesse caso apenas por brincadeira! Pois então, num dos “zappings” que estava a fazer após a reparação de um TV, para ver se todos os canais estavam a funcionar em pleno, vi um anúncio sobre uma “prova” de compatibilidade no amor, através do nome! Completamente estúpido, claro, mas lá mandei um sms para o dito número, indicando os nomes respectivos!

Claro que começaram logo a chover outros sms com outras publicidades do Jamba, tratando-me por tu (e então, se eu fosse um Sr. Doutor....), e, vá e não vá, um sms a indicar (como manda a lei!) de como sair dessa encruzilhada em que me meti. Dito e feito, claro, choveram de novo sms a lamentar a minha (tua!) decisão!

Mas antes desse cancelamento naturalmente e logicamente esperei pelo resultado da “pesquisa”! 99% compatibilidade! Uau! Naturalmente e logicamente toda a gente vai ter essa compatibilidade, se não, ninguém aderia a esse “serviço”! Por uma simples razão: muito dificilmente o meu nome (Siegfried) consta nos “registos” deles! Qualquer das maneiras, o texto que acompanhou esse “resultado” não deixa de ser animador:

“Alegria, emoção e muita diversão. Estabilidade e harmonia são as palavras de ordem para essa relação.”

Imaginem-se! Até rima! Deve ser o pontinho nos i’s para os românticos! Mas, porque não, pelo menos é um alento para corações sofredores....

Um pequeno reparo....

Deixo aqui duas perguntas:

Sabem para onde vão os lucros dos jogos online?
Sabem para onde vão os lucros dos jogos da Santa Casa da Misericórdia?

Os jogos online estão a aumentar em 10 % por mês (!) em Portugal. Até se pode jogar com dinheiro que não se tem (cartão de crédito). A mais conhecida “empresa” desse género a “operar” em Portugal, a bwin, patrocina a liga máxima de futebol, fazendo até que ela mudasse de nome....

Pergunto de novo: Sabem para onde vão os lucros tanto de uma como de outra forma de jogar em Portugal?

Te amo tanto

Te amo tanto que chega a doer,
doer o meu peito,
o peito que você faz sofrer.

Te amo tanto que chego a chorar,
por não ter você
aqui para me abraçar.

Te amo tanto que só sei sofrer,
porque eu te vejo
de uma maneira que você não me vê.

Mas posso dizer que te amo tanto,
que nunca vou te esquecer,
porque esquecer você seria
esquecer o amor de viver.
.
(César Augusto)

Poema retirado daqui (bom site!)

terça-feira, 28 de agosto de 2007

ETA


Mas que grande descoberta! Admite-se que a ETA possa frequentemente utilizar o nosso país como esconderijo temporário ou como lugar para descansadamente planear atentados em Espanha. Quem o disse foi o secretário geral do gabinete coordenador de segurança, Leonel Carvalho (mais um cargo “tachativo”?). Nós somos um país logo ao lado da Espanha, na França a ETA também já não tem facilidades, resta Portugal como refúgio.

É sabido que as nossas forças de segurança não querem chatices, natural e lógico, visto pelos magros salários que recebem. Não vale a pena arriscar-se por meia dúzia de tostões. A população portuguesa também não gosta de se meter em sarilhos, logo, são terrenos ideais para passar despercebido. Também já não é novidade ver um automóvel espanhol nas nossas estradas, já que com a política de impostos que esse governo nos tem brindado há cada vez mais portugueses a comprar carro na vizinhança.

O que fazer? Manter os olhos abertos e apreender com os espanhóis que denunciam toda e qualquer ocorrência às autoridades, mas também, mudar a mentalidade nas chamadas ao 112 e deixar-se das brincadeiras das emergências falsas! Os tempos de assobiar para o lado, tanto para nós como para a polícia portuguesa, fazem definitivamente parte do passado!

Portugal nos Mundiais


.
Não se pode ter tudo, deve ter dito Naide Gomes nos mundiais de atletismo quando ficou na quarta posição na prova do salto em comprimento. Tinha assumido a liderança após o primeiro “round” com a boa marca de 6,87 metros. Mas a armada russa não foi na conversa, e pouco a pouco a atleta portuguesa foi caindo. As três medalhas foram para esse país do leste, coisa raramente vista em provas mundiais.

A surpresa matinal chamou-se Arnaldo Abrantes. Este atleta português de apenas 20 anos passou aos quartos-de-final nos 200m, para depois ficar naturalmente pelo caminho, tendo ficado na sua segunda corrida pela quinta posição! Pelo contrário, Francis Obikwelu (já consigo escrever o nome dele sem confirmação....) cumpriu. Na primeira eliminatória ainda hesitou um pouco, natural depois da desclassificação nos 100m. Nos quartos passou facilmente para a prova seguinte que se realizará amanhã como última prova desse 5º dia dos mundiais de Osaka.

Em causa própria

Estamos quase no fim do tempo das férias, o que quer dizer que a cultura vai voltar à cidade de Beja, pelo menos a cultura dentro de portas. Estou a pensar em começar a escrever aqui no meu blog uma vez por semana, muito provavelmente às quintas-feiras, sobre o que se passa, e o que se passou, na nossa cidade nesse âmbito. Vão ser sugestões do tipo “Fora de Casa”, sobre espectáculos de todo o tipo, maioritariamente sobre acontecimentos no nosso Pax Julia – Teatro Municipal. Vou desde já anunciar aqui que este espaço reabre no dia 15 de Setembro com um concerto do fadista bejense António Zambujo que nesse sábado apresentará o seu novo disco.

Os meus mais fieis leitores já devem ter notado que ultimamente não tenho actualizado os meus outros blogues. Falta de tempo e falta de muita outra coisa....

Há dias, recomecei a postar no Zig-Risos, pelo menos nesse blog não falta boa disposição!

segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Campeão!

Temos campeão! Nelson Évora conquistou a medalha de ouro no Triplo Salto nos campeonatos do mundo de atletismo que estão a decorrer no Japão, mais precisamente na cidade de Osaka. É um grande feito para o português e para Portugal. Saltou na sua 3º tentativa 17,74 metros para um novo recorde nacional. Pois é, caros amigos, enquanto uns pintam um cenário de desgraça sobre Portugal e os portugueses, outros estão a dar cartas fora de portas! Os meus mais sinceros parabéns para esse feito!
.

.
.
As fotos são da página oficial da prova.

Estou Além

Não consigo dominar
Este estado de ansiedade
A pressa de chegar
P'ra não chegar tarde
Não sei de que é que eu fujo
Será desta solidão
Mas porque é que eu recuso
Quem quer dar-me a mão

Vou continuar a procurar
A quem eu me quero dar
Porque até aqui eu só

Quero quem
Quem eu nunca vi
Porque eu só quero quem
Quem não conheci
Porque eu só quero quem
Quem eu nunca vi
Porque eu só quero quem
Quem não conheci
Porque eu só quero quem
Quem eu nunca vi

Esta insatisfação
Não consigo compreender
Sempre esta sensação
Que estou a perder
Tenho pressa de sair
Quero sentir ao chegar
Vontade de partir
P'ra outro lugar

Vou continuar a procurar
O meu mundo, o meu lugar
Porque até aqui eu só

Estou bem
Aonde eu não estou
Porque eu só quero ir
Aonde eu não vou
Porque eu só estou bem
Aonde eu não estou
Porque eu só quero ir
Aonde eu não vou
Porque eu só estou bem
Aonde não estou

Esta insatisfação
Não consigo compreender
Sempre esta sensação
Que estou a perder
Tenho pressa de sair
Quero sentir ao chegar
Vontade de partir
P'ra outro lugar

Vou continuar a procurar
A minha forma, o meu lugar
Porque até aqui eu só

Estou bem
Aonde eu não estou
Porque eu só quero ir
Aonde eu não vou
Porque eu só estou bem
Aonde eu não estou
Porque eu só quero ir
Aonde eu não vou
Porque eu só estou bem
Aonde não estou

(António Joaquim Rodrigues Ribeiro = António Variações)

Neste momento sinto-me como ele se sentia, muito para além....

domingo, 26 de agosto de 2007

Tragédia na Grécia

O tempo está definitivamente maluco. Chuva em Portugal, e temperaturas nunca vistas na Grécia. No dia de ontem estavam ca. de 170 fogos a lavrar nesse país da EU. Quase 60 pessoas já perderam a vida, e muita gente está desaparecida. Lá como cá, o pior são os incendiários, não descansam até ver tudo ardido. Raramente são apanhados, e se forem, raramente são condenados. E se o são, após muito pouco tempo estão cá fora de novo para reiniciar o ciclo vicioso.

Na Grecia no dia de hoje estavam 14 mil (!) pessoas mobilizadas para combater os fogos, entre bombeiros e militares, muita gente a civil também ajudou. Os fogos principais se situam na península Peloponnes, até do espaço essa tragédia é visível! Dúzias de casas já foram vítimas das chamas, e em muitas dessas habitações os donos tentaram o impossível, impossível porque eles próprios foram vítimas também....



Até o berço dos jogos olímpicos está ameaçado!


Esta mulher perdeu tudo!


Neste acidente entre um camião dos bombeiros e três veículos civis morreram nove pessoas....


Não tenho mais comentários!

Mas, se Portugal sofresse também uma vaga de calor dessas, o quê é que acontecia?

Fotos daqui

Pequena Limpeza

Para tornar a barra lateral deste blog um pouco mais arrumada, vou ter que eliminar alguns links na lista dos blogues amigos. Os blogues que não são actualizados há alguns meses vão ter que ser retirados, por grande pena minha. Os nomes são os seguintes:

A Moura (des) encantada
O Blog da minha amiga e habitual comentadora Ana Cristina, mas que perdeu a password para poder actualizar o seu!

Ao Sul
Um bonito blog, infelizmente terminado em Fevereiro

Blog do 9D
O antigo blog da turma da minha filha que naturalmente já não vai ser actualizado

Falar da Gente
Um bom blog, mas que ultimamente pouco tem falado....

Mundo Alimentar
Um site bastante interessante, mas parou em Março sem mais explicações....

Pax Intratibus
É o nome que mais me custa retirar da lista. O Abade anúnciou o seu regresso em Janeiro deste ano, mas depois não houve mais postagens!

Praia da Claridade
Uma amiga bloguista do Alentejo que deixou de aparecer nestas lides no Dezembro do ano passado.

O Portista do Sul e o Tem Avondo ainda vão ficando nesta lista, por razões óbvias!

Esta retirada naturalmente pode ser anulada se os donos desses blogues assim o desejarem! Além disso, quem tiver um blog e quiser constar na lista dos blogues amigos é só avisar.

Pax Julia

Sinto falta desse espaço,
pois durante o verão fecha.
Sinto falta desse mundo,
desse mundo de fantasia....

Já falta muito pouco
para as suas portas reabrir!
Ou muito me engano,
ou muito melhor me vou sentir!

Melhor me vou sentir
a retomar essa rotina,
de aos fins-de-semana querer ir
ver cultura, enfim, querer ver vida!

Sinto falta da expectativa
que de mim toma conta
sempre que me dirijo lá acima,
ao lugar onde o teatro se situa.

Quem irei encontrar?
Alguém que me quer bem, ou mal....
Com quem me vou cruzar?
Talvez com alguém muito especial....

Mas também sinto falta
de um certo tipo de nervosismo!
Do sentimento que me “assalta”
cada vez que subimos ao palco!

O “barulho” das luzes,
a expectativa do público,
já vivido muitas vezes
mas que no fim sabe sempre a pouco....

Pois, já não falta muito....

(SK)

sábado, 25 de agosto de 2007

Nova Praça

O Praça da República, o blog da margem sul do país que mais visitas diárias recebe, tem agora um novo endereço! Sofreu algumas obras de fundo, que, segundo o seu autor, ainda não terminaram.

O novo endereço do blog (que já consta no meu sidebar) é:

http://pracadarepublicaembeja.net

Boa sorte para esse renovado blog e para o seu autor

Músicas da minha Vida V

Para ver mais músicas, clicar aqui

Com esta edição da rubrica “Músicas da minha Vida” vou começar a reconverter edições anteriores nesta nova listagem. A razão principal se prende com o facto de as letras dessas músicas não terem sido traduzidas.

Post original do dia 21 de Abril de 2007 (altura quando o sonho se parecia tornar realidade....)


Regresso esta noite às músicas da minha vida. São, como sabem, de estilos vários, do romântico ao hardrock, do pop ao country. Lembrei-me de uma canção do mais romântico que há (porque será....) de 1978, dos "Exile" com "I want to kiss you all over...."
.



Lyrica – Letra: “I want to kiss you all over” dos “Exile”

When I get home babe,
Quando chego a casa
Gonna light your fire;
Acendo o teu fogo
All day I been thinking bout you babe,
Todo o dia tenho pensado em ti
Your my one desire;
Tu és o meu único desejo
Gonna wrap my arms around you,
Vou abraçar-te
Hold you close to me;
Manter-te junto de mim
Ah babe I wanna taste your lips,
Quero provar os teus lábios
I wanna be your fantasy, yeah!
Quero ser a tua fantasia
Don't know what I'd do without you babe,
Não sei o que faria sem ti
Don't know where I'd be;
Não sei onde estaria
Your not just another lover,
Tu não és apenas mais uma amante
No your everything to me;
Tu és tudo para mim
Everytime I'm with you babe,
Cada vez que estou contigo
I can't believe it's true;
Não acredito que é verdade
When your laying in my arms,
Quando estou nos teus braços
And you do the things you do;
E tu fazes as coisas que fazes

You can see it my eyes,
Tu o consegues ver nos meus olhos
I can feel it in your touch;
Eu o consigo sentir no teu toque
You don't have to say a thing,
Não precisas dizer nada
Just let me show how much;
Deixa-me apenas dizer-te o quanto
I love you, I need you...
Eu te amo, eu te necessito….
I want to kiss you all over,
Quero te cobrir de beijos
And over again;
E de novo
I want to kiss you all over,
Till the night closes in;
Till the night closes in.
Até a noite acabar

Stay with me,
Fica comigo
Lay with me;
Deita-te comigo
Holding me,
Abraça-me
Loving me baby;
Ama-me
Here with me,
Aqui comigo
Near with me;
Junto de mim
Feeling you
Sentindo-te
close to me baby,
junto de mim

So show, show me everything you do,
Então mostra-me tudo o que fazes
Cause' baby no one does it quite like you;
Porque ninguém o faz como tu
I love you, I need you, (oh babe)
I want to kiss you all over,
And over again;
I want to kiss you all over,
Till the night closes in
Till the night closes in.
(....)

Pois, könnte Zukunftsmusik sein.... (pelos vistos não foi)

Vídeo (Youtube) da canção
Biografia (em inglês) do grupo
A foto foi tirada anos mais tarde, para o inevitável álbum das melhores canções....


Vídeo do youtube (é só clicar no play!)
video

Isto foi um teste, parece que funciona....

sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Suchmaschine

Suchmaschine é a palavra em alemão para máquina de busca. É que, por vezes procuro no meu sitemeter por frases ou palavras engraçadas com os quais alguns internautas encontraram o meu blog. Não é para menosprezar os meus leitores, é apenas para os alegrar!

Como sempre, a “escrita” entre parênteses é da minha autoria!

engoli uma espinha e agora? (sei lá....)
se olho pró sol (só com óculos de sol, s.f.f.!)
just another day without you (já são tantos…)
musica flog when you’re gone (pois)
partituras para corais vamos fugir (bora!)
de onde vem o vento (...e tudo o vento levou!)
orgasmo do homem dura (e dura, e dura.... pois, isso queria a gente!)
mercado com letra zig (não, essa não!)
zig gt (up up and aweiiiiii…)
corte gafo festas (a minha região preferida, tenho que lá voltar um dia!)
minha vida futura (pois, essa até eu gostava de saber)
músicas de natal para coral (coral do fundo do mar?)
guerra civil na estrada (essa também dura, e dura)
primeiro beijo (também quero)
bolo de arroz receita (sei lá!)
homens belos (por favor, essa não, vá mas é para os sites indicados para esse efeito!!!)

Agora a melhor:

como é que um homem sabe que uma mulher atingiu um orgasmo (ó granda nabo! Não sabe? Então pergunte-lhe! Ok, pronto, vou dizer: Veja se os lábios dela estão frescos! Não, esses não!!! Os da boca….)

Com este momento de humor desejo-vos um

Bom fim-de-semana

Caravelas

Cheguei a meio da vida já cansada
De tanto caminhar! Já me perdi!
Dum estranho país que nunca vi
Sou neste mundo imenso a exilada.

Tanto tenho aprendido e não sei nada.
E as torres de marfim que construí
Em trágica loucura as destruí
Por minhas próprias mãos de malfadada!

Se eu sempre fui assim este Mar Morto:
Mar sem marés, sem vagas e sem porto
Onde velas de sonhos se rasgaram!

Caravelas doiradas a bailar...
Ai quem me dera as que eu deitei ao Mar!
As que eu lancei à vida, e não voltaram!...

(Florbela Espanca)

quinta-feira, 23 de agosto de 2007

News from Outer Space



O conhecido Google Earth tem uma nova extensão, o Google Sky. Disponível apenas em inglês, tem armazenado todos os dados e imagens conhecidos vindos de várias agências existentes ligadas à exploração do espaço. Agora será muito mais fácil para todos conhecer esse novo mundo!

Já agora, dia 27 de Agosto à meia-noite e meia, o céu nocturno parece ter duas luas. O planeta Marte está tão próximo da terra que aparenta ser mais uma lua do nosso planeta. Será o segundo objecto mais brilhante no céu logo a seguir da lua. Estará a “apenas” 34 milhões de milhas de nós, e terá o mesmo tamanho da nossa lua quando observado com um telescópio com uma multiplicação de apenas 75 vezes. Nunca tal facto aconteceu na história conhecida! A não perder!
.
Actualização (26.08.2007)

Aparentemente me deixei de enganar pelos inúmeros mails que recebi sobre este tema e que o anunciaram. Devia de me ter informado melhor. Alguém (obrigado Lina) me informou nos comentários sobre a falsidade dessa notícia, só me resta agora pedir desculpas pelo sucedido. Bem me lembrei que já houve um “aproximamento” desses há uns anos....

Al Capone - Fecho - Astronomia

A partir de agora, tudo vai ser mais fácil para os estudantes portugueses! “Engenheiro” Sócrates acabou de anunciar um pacote de facilitismos para esta parte da população portuguesa. Os jovens (e também os menos jovens....) podem pedir à banca um empréstimo para financiar os seus estudos (não, não os do primeiro ministro!) no ensino superior. Vai até “obrigar” aos bancos (como assim, agora já pode??) uma aplicação de juros mais baixos para esse tipo de crédito! Mas, resumindo e concluindo, agora o nosso PM tem mesmo a faca e o queijo na mão! Por um lado pede as propinas (que não se vão alterar em termos de valor, confirmado pelo próprio com cara de anjinho....) e por outro dá uma possibilidade de como as pagar. Estranho! Isso lembra aos tempos de Al Capone....

O planeado fecho de escolas está de novo na ordem do dia. No norte de Portugal, em Monção, ca. de 1000 pessoas manifestaram-se contra o fecho de duas escolas primárias na região. Querem mesmo recorrer ao Presidente da República, já que se sentem com razão. Com um número de alunos previsto de 32 e 39, respectivamente, viola até a própria carta educativa do concelho. Por cá, em Aljustrel, também está prevista o fecho de duas escolas do primeiro ciclo. A de Montes Velhos e de Corte Vicente Anes estão na lista negra do governo. Estranhamente, a escola de Montes Velhos tem 22 alunos inscritos para o próximo ano lectivo, além de mais sofreu obras no valor de 80 mil €! O presidente da câmara de Aljustrel está redondamente contra essa medida, já que essa zona está em franco desenvolvimento. Pois é, meus senhores, Lisboa é Portugal, e o resto é paisagem. Menos escolas significa menos gastos, querem lá eles saber do resto!

Mas nem tudo está mal no universo português. Uma portuguesa de nome Rosa Doran apresenta hoje, em Potsdam na Alemanha, um remodelado projecto sobre o ensino interactivo de astronomia, de nome HOU (hands on universe). Este sistema vai incentivar os alunos no mundo inteiro interessar-se mais por essa área, os estudos são baseados na internet através do site do projecto. Por acaso, essa área me interessa bastante, só é pena que já não ando a estudar.
A ler melhor aqui.
Para visitar o site do projecto, clicar aqui. (em português)

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Natascha Kampusch, um ano depois


.
Acabei de ver na RTP uma reportagem, ou entrevista, efectuada pela televisão austríaca a Natascha Kampusch. Christoph Feurstein, da ORF, é o único jornalista que tem autorização de entrevistar essa jovem de agora 19 anos. Recorda-se que ela escapou, faz amanhã 1 ano, de um cativeiro que durou mais que oito anos, e cuja história emocionou o mundo. Para relembrar, clicar aqui.

Nada melhor do que fazer um balanço desse ano que passou. Ela, o jornalista, a irmã e o seu terapeuta, efectuaram uma viagem até Barcelona, lugar onde foi filmado a maior parte dessa entrevista. Quase que não a reconhecia, aumentou de peso, está visivelmente mais madura, mas continua a ser algo ingénua. É natural! Falou de assuntos vários, como por exemplo que tem que refazer a escola toda, claro, num passo mais acelerado. Quiseram fazer chantagem com ela com uma foto com um alegado namorado, mas ela nem ligou. Diz que guarda ainda bastantes utensílios do tempo do cativeiro, coisas de que não se quer separar. Está a tirar a carta, e tem como desporto favorito o tiro ao alvo com arco e flecha.

Mostra-se algo magoada com os pais. A mãe escreveu um livro, onde diz algumas inverdades, e com o qual viaja pela Europa para o apresentar. O pai, alcoólico, ingénuo, que gosta de chamar os jornalistas sempre que ela o visita. Enfim! Não entendo é a imprensa alemã que não gostou da entrevista. Falam mal dela quase do início até ao fim. Mas eu gostei! Criticam a forma como ela fala, só que os vienenses falam mesmo assim, pausadamente e bem audível. Não sei onde é que está o mal. Também criticam o aparecimento da entrevista em si. Há tanta gente a aparecer na TV, então, ela não pode, porquê? E quem não quer ver, muda de canal, ou desliga o aparelho! Mas como disse, eu gostei, principalmente da imagem final, uma imagem de felicidade, um sorriso estampado na cara, uma imagem que a foto bem demostra....

Descubram as diferenças



Imagem enviada por João A. (Com muuuuita tranquilidade....)
.
Esta imagem só a publico aqui por já ter gozado com o FCP e com o Benfica. Faltava só o Sporting!

A Noite Passada



A noite passada acordei com o teu beijo
descias o Douro e eu fui esperar-te ao Tejo
vinhas numa barca que não vi passar
corri pela margem até à beira do mar
até que te vi num castelo de areia
cantavas "sou gaivota e fui sereia"
ri-me de ti "então porque não voas?"
e então tu olhaste
depois sorriste
abriste a janela e voaste

A noite passada fui passear no mar
a viola irmã cuidou de me arrastar
chegado ao mar alto abriu-se em dois o mundo
olhei para baixo, dormias lá no fundo
faltou-me o pé, senti que me afundava
por entre as algas teu cabelo boiava
a lua cheia escureceu nas águas
e então falámos
e então dissemos
aqui vivemos muitos anos

A noite passada um paredão ruiu
pela fresta aberta o meu peito fugiu
estavas do outro lado a tricotar janelas
vias-me em segredo ao debruçar-te nelas
cheguei-me a ti, disse baixinho "olá",
toquei-te no ombro e a marca ficou lá
o sol inteiro caiu entre os montes
e então tu olhaste
depois sorriste
disseste "ainda bem que voltaste"

(Sérgio Godinho)

terça-feira, 21 de agosto de 2007

Uma promoção e uma despromoção

O milho já subiu de divisão! Agora foi promovido para “Caso Milho”! Até já serve de arma de arremesso na política! Bem, para alguns, tudo serve para criticar o outro. Mas neste caso tenho que dar razão a Marques Mendes. Fez barulho, criticou abertamente esse caso, falou em caso de crime e em responsabilidades. Já se sabe como é que é o actual ministro da agricultura, para evitar ondas, fica-se na reserva. Mas não pode ser assim. Essa pseudo associação ambientalista tem que ser chamada à responsabilidade, a inacção da GNR também. Ou seja, qualquer dia alguém se lembra que o automóvel do fulano x foi produzido violando uma directiva qualquer, e vá de destruí-lo! Não é um bom exemplo, eu sei, mas alguma coisa tem que ser feita. Não se pode estragar a vida a um agricultor que não violou nenhuma lei em vigor, e sair dessa impune!

Este ano pode muito bem acontecer que o Benfica vá descer de divisão. É de uma absoluta idiotice despedir um treinador logo no início da temporada, logo após o primeiro jogo da liga principal. No fim da época passada, Fernando Santos ficou sem uma perna quando lhe foi retirado o jogador mais influente, Simão Sabrosa. Luís Filipe Vieira depois terá dito ao “seu” treinador: vê lá se consegues correr os 100m em 13 segundos! Claro que um “perneta” não consegue correr, e vá de despedi-lo. Claro que, e só “por acaso”, já tinha outro treinador na manga. José António Camacho, desempregado, terá chorado a sua desgraça no ombro do presidente durante umas férias que passaram em conjunto, e zás! Já há novo treinador! Um treinador com empresário e tudo! Mas, deixem estar, a “Liga Vitalis” também tem o seu encanto....

Movimentos alternativos

Devido à falta aguda de tempo que me está a “afligir”, por agora fica aqui apenas uma desmistificação de um longo mistério, o desvendar de um segredo há muito tempo guardado, o de quem é que faz mover a flecha indicadora do rato no écran!

Para saber mais, clicar aqui

(Devo acrescentar que é mais indicado para senhoras...)

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

A sonhar contigo




Tu estás em mim
Vá onde for
Ande por onde andar
Faça o que faça
Eu faço o que faça
Eu faço a sonhar
Contigo a todo o momento

Se olho pró céu
São os teus olhos que vejo no azul
Se olho o luar, no seu brilho estás tu
Estás em qualquer movimento
Passo a vida a sonhar contigo
Passo a vida a pensar em ti
Eu em tudo o que faço ou digo
Que sonho ou que vivo
Tu estás sempre em mim
Passo a vida a sonhar contigo
Passo a vida a sentir-te aqui
Pois em tudo o que faço ou digo
Que sonho ou que vivo, há sinais de ti

Não sais de mim
Do pensamento e do meu coração
Eu já não sei
Se és real ou ilusão
Se estou são ou estou demente

Se olho pró sol
Na sua luz eu vejo o teu olhar
E as tuas ondas, nas ondas do mar
Mesmo sem estares, estás presente....

(Tony Carreira - A sonhar contigo)

Mosel



Minha gente! Tenho que vos confessar uma coisa! Ontem, durante a excelente reportagem sobre o Rally WRC na Alemanha que a RTP transmitiu a altas horas da noite, fiquei com saudades do meu país natal, essa mesma Alemanha. Quase que não me interessava o decorrer desse rali, fiquei plasmado frente ao meu TV a olhar para as paisagens verdes que passavam pelo écran. As imagens eram da região vinícola do rio Mosel, as vinhas estavam predominantes nas imagens de ontem.

A região onde eu vivia antes de vir para Portugal é muito parecida a essa, tirando as vinhas, claro, e um pouco menos montanhosa. Mas o que me mais impressionou é o verde que existe na Alemanha 365 dias por ano, por vezes, claro, por baixo de um manto de neve. É disso que tenho saudades! Aqui no nosso Alentejo está tudo castanho, tudo queimado pelo sol. Além disso, na Alemanha pegas numa bicicleta e passeias-te pelos inúmeros caminhos lá existentes, como a imagem bem demostra. Por cá tens que ter cuidado de não ser passado a ferro....

Durbanite

Para entrarem bem na semana, recomendo-vos uma visita a ESTE blog. É de um casal de alentejanos que vive na África do Sul e que gosta de efectuar viagens por esse país, e também por Moçambique.

Deixo-vos com duas imagens desse blog:





Boa Viagem!

domingo, 19 de agosto de 2007

Poema da minha natureza

Crescem as flores no seu dever biológico,
e as cores que patenteiam, por sua natureza,
só podem ser aquelas, e não outras.
Vermelhas, amarelas, cor de fogo,
lilazes, carmezins, azuis, violetas,
assim, e só assim,
tudo conforme a sua natureza.
Ásperas são as folhas, macias, recortadas
ou não, tudo conforme;
e o aprumo como tal,
ou rasteiras, ou leves, ou pesadas,
tudo no seu dever,
por sua natureza.

É como os animais.
Em cada qual, por sua natureza,
todo o dever se cumpre.
Comem, dejectam, dormem,
fazem amor nas horas competentes,
lutam, caçam, agridem,
rosnam à Lua, trinam, assobiam,
escondem-se, espreitam, fogem, amarinham,
dançam, mudam de pele, agacham-se, disfarçam-se,
tudo conforme a sua natureza.

Assim eu penso, e amo, e sofro, e vou andando.
Tudo conforme a minha natureza.

(António Gedeão)


Este poema, depois aquela música do Toquinho a condizer...

Isto tudo só para vos desejar um bom resto de domingo!

Groundforce - Exemplo

Groundforce! Uma nova palavra está na boca dos jornalistas! Nos últimos dias, essa palavra deve ter sido dito e escrito milhares de vezes. Não, não é um novo agrupamento militar, não é um novo código de guerra em que cowboy Bush quer resolver definitivamente o problema do Iraque! Trata-se tão simplesmente do pessoal de terra nos aeroportos portugueses, aqueles que tratam de quase tudo que é necessário fazer no chão para um bom funcionamento dos voos. Fala-se tanto deles por uma razão, pois, porque estão em greve.

Não quero falar aqui dessa greve, nem criticá-la. Como já tinha dito aqui inúmeras vezes, uma greve é um direito democrático, uma arma que os trabalhadores têm quando se sintam injustiçados. Mas essa greve se está a tornar ridícula, não pelo altura escolhida (do maior movimento do ano) mas sim pela “guerra” de palavras entre um representante do sindicato e de um dessa Groundforce! É sabido que nas greves existem sempre números diferentes das duas partes envolvidas, dos trabalhadores ou sindicatos, e do patronato.

Mas este caso quase dá para rir, se não fosse tão sério. São milhares de pessoas que servem de meio para cada um desses senhores em causa atingir os seus fins. Ontem então, no telejornal da RTP2, as diferenças entre um e outro davam mesmo para um filme humorístico. O que um dizia, era logo desmentido pelo outro, e vice-versa! E os milhares de passageiros dos aeroportos pelo meio, tipo bola ping-pong. Ridículo!

Um exemplo a seguir! Os administradores do hospital de Matosinhos desistiram da compra de carros para uso pessoal ao que têm direito, para comprarem equipamento médico para uso de todos. Fala-se de um valor que ascende aos 175 mil € (!) que era destinado para a renovação da sua frota. Para quem não sabe, um administrador público tem direito a uma viatura para uso pessoal, viatura essa que pode ser adquirido pelo mesmo após algum tempo e, claro, a preços bastante reduzidos.

É uma chapada de luva branca para o ministro da saúde, que não achou necessária a compra desse equipamento para esse hospital, além disso, pode ser que sirva de exemplo para outros administradores fazerem o mesmo. Mas temo que exemplos desses não encontrem muitos seguidores....

Silogismo....



Imaginem um pedaço de queijo suíço,
daqueles bem cheios de buracos!
Quanto mais queijo, mais buracos.
Cada buraco ocupa o lugar em que haveria queijo.
Assim, quanto mais buracos, menos queijo.
Quanto mais queijo mais buracos,
e quanto mais buracos, menos queijo.
Logo, quanto mais queijo, menos queijo....

Entenderam?

sábado, 18 de agosto de 2007

Público

Ontem, sexta-feira dia 17, o jornal Público publicou um artigo na página 21 sobre a nossa associação em que foram descritos factos que não correspondem à verdade! Já mandei um pedido de rectificação a esse jornal, espero que o publiquem!

Para quem for leitor desse jornal e leitor do meu blog e que queira ser esclarecido sobre esta ou outras questões, pode mandar um mail para o meu endereço:

siegfried.zig@sapo.pt

Posso, no entanto, adiantar que a nossa associação não vai acabar e que trabalharemos em estreita colaboração com a Câmara Municipal de Beja, para o bem dos animais abandonados!

Obrigado!

sexta-feira, 17 de agosto de 2007

O Poeta

O poeta tem os seus dias
contados,
como todos os homens; mas quanto,
quanto mais variados!

As horas do dia e as quatro estações,
um tanto menos de sol ou mais de vento,
são o devaneio, o acompanhamento
sempre diverso para suas paixões,
sempre as mesmas; e o tempo que faz,
ao levantar-se, eis o grande acontecimento
do dia, sua alegria assim que desperta.
Nada como as luzes contrárias o alegra,
nada como os belos dias
movimentados,
e em longas histórias multidões imersas,
onde o azul e a tempestade duram pouco,
onde se alternam searas de infortúnio
e de vitória.
Com um rubro crepúsculo se entusiasma;
e com as nuvens muda de cor,
ainda que lhe não mude a alma.

O poeta tem os seus dias
contados,
como todos os homens; mas quanto,
quanto mais abençoados!

(Umberto Saba)

Bluff

O ministro das finanças respira de alívio, o ministro da saúde abana com a cabeça incrédulo, os defensores do sim no último referendo estão de má consciência e os defensores do não, onde eu me incluo, perguntam: só?

Como é sabido, fez agora 1 mês que começou a tal matança, desculpem, o tal aborto legalmente assistido blá blá blá. Mas nesse primeiro mês foram “apenas” 300 abortos efectuados nessas condições (bem, cada aborto é um amais, com apoios governamentais suficientes muitas grávidas não abortariam, mas não gosto de me repetir....). Apenas, porque os defensores do sim fizeram campanha com um número de 20 mil abortos clandestinos por ano em Portugal. Basta fazer as contas e verificar que alguma coisa não bate aqui certo!

Mas onde é que está a “falha”?? Das duas uma: Ou esse número avançado pelo sim não corresponde à verdade ou então, os abortos clandestinos continuam a acontecer! Penso que a verdade está no meio, não há assim tantos abortos como queriam fazer parecer, e os clandestinos continuam! Aliás, sempre disse que os abortos fora da nova lei nunca iriam acabar, já que muitas futuras mães não querem que se saiba do seu estado de graça.

Bem, vamos esperar pelos outros meses, porque já houvesse quem dissesse que esse primeiro mês servia quase como um teste, já que tudo nessa forma em acabar com a vida (minhas palavras) é novidade nos hospitais. Mas eu pergunto: Haverá algum caso em que alguém pedisse um aborto (dentro do prazo, claro) e que não se tivesse realizado? Penso que não, porque esse facto seria primeira página nos jornais!

Por isso, o meu veredicto é: Um bluff de todo o tamanho!

Milho

Lembro-me muito bem dos acontecimentos de há 20 anos na Alemanha, muito perto da minha última morada, em Wackersdorf. Nessa altura protestavam, e com razão, contra a construção de uma fábrica que fazia um reaproveitamento do lixo nuclear vindas das centrais nucleares. Foram milhares e milhares de pessoas, e conseguiram o que queriam. A fábrica nunca fora construída, mas deixaram um rasto de destruição para trás. Houve lixo por todo o lado, e a imagem que mais me ficou na mente foi um desses ditos ambientalistas aparecer com um velho Volkswagen Carocha a deitar mais fumo do escape do que uma chaminé de qualquer fábrica na China.

Algo parecido aconteceu em Silves! Não foi contra a energia nuclear em geral, é que, pelo menos até ver, este actual governo não vai permitir a instalação de uma central dessas em Portugal, e ainda bem! Perto dessa terra algarvia ca. de 100 (em meu ver) pseudo activistas de associações de protecção ao ambiente vandalizaram uma plantação de um hectare de milho geneticamente transformado. Sendo essa plantação o único meio de sobrevivência de um agricultor da região, esse afirmou que tem agora a sua vida arruinada, a sua e a da sua família!

É certo que organismos geneticamente modificados são assunto de muita polémica, mas não era preciso ir tão longe e estragar a vida a uma pessoa. Não há seguro que cubra estragos desses, nem ninguém lhe vai replantar esse milho, já que o tempo dessa plantação já terminou faz tempo. Mas esses tipos, se são tão contra esse assunto, porquê é que muitos deles andam a fumar (enquanto estavam a estragar a plantação, suponho...) ou andam de telemóvel? Ou seja, controverso é apenas o que eles acham que é, os outros que se lixem!

Pessoalmente também me considero um ambientalista, preocupo-me bastante com questões ambientais. Mas esse assunto está longe de ser esclarecido, é que hoje em dia está reconhecido que o mundo, com a enorme população que tem, não consegue alimentar essa gente toda sem alimentos modificados dessa maneira. E muito menos actos desses servem para apoiar opiniões contra essas modificações!

A ler melhor aqui

Mentirinha

Cada profissão, ou condição, tem a sua mentirinha preferida....

Advogado: Este processo é rápido
Cigano: Se houver algum problema, venha cá que eu troco
Anfitrião: Já vão? Ainda é tão cedo
Aniversariante: Um presente? A tua presença é mais importante
Bêbado: Sei perfeitamente o que estou a dizer
Casal sem filhos: Apareçam quando quiserem, adoramos os vossos filhos
Polícia: Tomaremos as devidas providências
Vendedor de Imobiliário: Em 6 meses colocarão água, luz e telefone
Dentista: Não vai doer nada
Desiludida: Não quero mais saber de nenhum homem
Devedor: Amanhã sem falta
Gerente do Banco: Trabalhamos com as taxas mais baixas do mercado
Filho de 19 anos: Volto antes da meia-noite
Filha de 19 anos: Dormi em casa de uma amiga
Mecânico: É do carburador
Peixeira: Pode levar freguesa, que é fresquinho
Namorado: Foste a única mulher que realmente amei
Namorada: Para dizer a verdade, eu nem beijar sei
Noivo: Casaremos o mais breve possível
Recém-Casado: Até que a morte nos separe
Orador: Apenas duas palavras
Pobre: Se eu fosse milionário distribuía dinheiro por toda a gente
Vendedor de Sapatos: Depois alarga no pé
Sogra: Entre marido e mulher eu não meto a colher
Toxicodependente: Esta vai ser a última
Construtor Civil: Daqui por 6 meses está pronta

Agora falta só eu: O seu aparelho está reparado na próxima semana

Texto (maioritariamente) enviado por Francisco S.

quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Estranho

Segui com bastante interesse o programa que transcrevi no post anterior. Mas, conhecendo a RTP, esperava um programa mais isento! Gosto da RTP, mas neste programa o estatuto de serviço público ficou algo desviado, durante mais do que uma hora se pude dizer, serviço centralizado. Mas, vamos por partes:

Sou adepto do FCP desde da célebre final de Viena em que os portistas ganharam ao meu clube de então, ao Bayern de Munique. Mas desde sempre nunca fui um adepto de futebol fervoroso, tenho mais que fazer, gosto de ver bons jogos, agora, clubismo não é muito comigo. Admiro Pinto da Costa pelo que fez no futebol, como pessoa já não digo o mesmo. Tal como Pacheco Pereira diz, PC é responsável pela guerrilha que ele próprio criou, principalmente com os discursos inflamados dele.

Por outro lado, Lisboa sempre quis mandar no país inteiro, já que Lisboa é Portugal, e o resto é paisagem. Certamente que Pinto da Costa tem alguma razão ao mostrar-se revoltado com o poder central, mas exagera claramente em algumas acções, naturalmente para portista ver. Mas, vamos voltar ao programa.

Não sabia que PC tinha cortado relações com a RTP, e tudo por causa de um scetch dos Gato Fedorento. Pelos vistos, o líder portista não gosta que brinquem com ele, mesmo vindo dos lados de um grupo de humoristas. Ninguém é perfeito! Só que, durante o programa todo ficou a sensação que os reconhecidos bons resultados do FCP são maioritariamente fruto de fraudes e clientelismo, fruto da maneira de ser de Pinto da Costa. Estranhamente também, pouca gente falou em favor dele, alegou-se que há muita gente proibida de falar por causa do corte de relações, mas também haverá gente que não quis falar por ter medo! Mas será que a RTP se preocupou muito em arranjar entrevistados que falem em favor do FCP? Não creio!

Estranho também a altura em que essa reportagem é transmitida, pouco antes do arranque da superliga que começa já este fim-de-semana. Também estranho foi que praticamente só mostraram violência por parte de adeptos portistas, pelos vistos, os claques de outros clubes são uns santinhos! Por falar em claques. Se fosse por mim, os claques de futebol já tinham acabado há muito tempo. São eles os principais responsáveis pelo mau ambiente nos estádios que por sua vez afasta os adeptos ditos normais, e que faz que os estádios são cada vez menos visitados por famílias com as suas crianças que querem apenas ver um jogo de futebol! Mas isso já é outra história....

Só mais uma coisa: Neste programa posso aplicar uma das minhas frases favoritas, que, por acaso, já há muito tempo não digo. Houve alguém que não aproveitou uma óptima oportunidade em ter ficado calado. Falo, claro, de Octávio Machado! Ele foi, de longe, o pior treinador de futebol dos últimos tempos que passou pelo FCP. Ele não tem moral nenhuma em criticar fosse o que fosse sobre Pinto da Costa. Ele pode ser boa pessoa, não nego, faz muita coisa pelos lados de Palmela, mas sobre o futebol é melhor ficar calado! Tenho dito!

Especial Reportagem

“O Bom, O Mau e o Vilão” é o título de uma reportagem que a RTP1 transmite hoje depois do telejornal, pelas 21 horas. Odiado por muitos, amado por outros, a personagem de que se fala nessa reportagem não deixa ninguém indiferente! Jorge Nuno Pinto da Costa é certamente uma das pessoas mais conhecidas em Portugal, e também certamente, toda a gente tem a sua opinião sobre ele. Eu tenho cá a minha, já falei aqui no meu blog bastante sobre este assunto, não vale a pena reatar de novo essa conversa. O texto que se segue é retirado do site da RTP, a foto também:



“Jorge Nuno Pinto da Costa é o presidente de um clube desportivo há mais tempo em funções – não apenas em Portugal, mas em todo o mundo.
Ao fim de 25 anos à frente do Futebol Clube do Porto, Pinto da Costa apresenta um palmarés imbatível; milhares de sócios consideram-no o grande obreiro das vitórias do clube e adoram-no como um Deus.
Mas muitos olham para Pinto da Costa como o principal responsável pelo que de pior existe no futebol e até na sociedade portuguesa; a sua carreira tem sido marcada por polémicas, guerrilhas, jogos de poder, suspeitas e até um ou outro escândaloA RTP desenterrou os arquivos e ouviu as memórias de amigos e de ex-amigos e adversários de Pinto da Costa para tentar perceber as estratégias do dirigente de sucesso e quem é afinal este homem – que muitos consideram uma das personalidades mais influentes do país no último quarto de século.
“O Bom, o Mau e o Vilão”, é uma reportagem da jornalista Margarida Metello, com imagem de Manuel Liberato e edição de Paulo Alexandre.”

A não perder!

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

O que tu és para mim....



Sem ti não há céu nem mar
Não há noite ou dia, não há luar
Sem ti não há razão
Para o bater do meu coração

Sem ti fica um vazio
Um deserto eterno, escuro e frio
Sem ti não há paixão
Não há melodia para a minha canção

É só contigo que eu quero ficar
É só ao pé de ti que eu quero estar
Eu vou contigo onde quer que vás
Não sei viver se tu não estás

Se eu sou para ti
o que tu és para mim....

(Excertos de “O que tu és para mim” de “Rita Guerra”)

Fim da Volta



A 69º Volta a Portugal em Bicicleta terminou hoje com um contra-relógio em Viseu, disputado à chuva, o que já não acontecia há muito tempo. Por isso, os telespectadores da RTP tiveram de se contentar com imagens vindas das câmaras fixas, espalhadas no início, nos pontos intermédios e no final do percurso. É que, esta estação televisiva dispunha de um avião que servia de antena para as câmaras móveis montadas nas motos, mas que não podia levantar voo porque o aeroporto de Viseu não está equipado com um sistema ILS (Instrument Landing System). Assim, a “suspence” se limitou nas contagens do tempo cada vez quando chegasse um dos corredores aos respectivos pontos intermédios, ou à meta.

Cândido Barbosa não conseguiu levar a volta de vencida, ficou em 2º lugar da geral! A “raposa” Xavier Tondo, da LA MSS, levou a melhor sobre o português, já ontem tinha ficado em 2º lugar na Torre, e na etapa de hoje também. Cândido Barbosa terminou hoje apenas em 6º, a um minuto de Tondo, que assim o ultrapassou na geral. É pena, ele merecia ganhar, fez um enorme esforço, mas tenho que dar os parabéns ao espanhol! Foi o mais rápido, e sendo assim, merece ganhar. Nota-se nas entrevistas que é uma pessoa simpática e humilde, e assim conquistou a minha simpatia. Resta só acrescentar que nos 10 primeiros contam-se apenas 3 portugueses, e os restantes são todos espanhois! Pró ano há mais!

terça-feira, 14 de agosto de 2007

Notícias do dia

Hoje, por ser véspera de feriado e por ter tido oportunidade em ver o Jornal 2 (telejornal que mais aprecio), falo um pouco das notícias do dia de hoje!

Este jornal abriu com uma notícia que já toda a gente sabia, ou pelo menos desconfiava! Em Portugal, o fosso entre os mais ricos e os mais pobres aumentou nos últimos 12 meses, e é mesmo o maior na Europa dos (antigos) 15! As 100 personalidades mais ricas no nosso país representam mais do que um terço da riqueza total nacional, até Luís Filipe Vieira, o pobrezinho lá do povo, já figura nesse leque! A principal responsável por esse aumento vertiginoso da riqueza dos mais ricos é a bolsa de valores. Pessoalmente não tenho absolutamente nada contra a possibilidade de alguém poder enriquecer na bolsa, porque significa uma oportunidade para todos, bem, quase todos. O problema está na outra ponta, nos mais pobres. Os sucessivos governos estrangulam o povo mais pobre com impostos altos como no IVA ou no preço da gasolina. Porque para quem ganha muito dinheiro na bolsa não é difícil pagar esses impostos, para o pobre já não é assim. E assim vai o país....

Caso Madeleine, episódio 23612: A nossa polícia judiciaria agora está convencida que a pequena inglesa terá mesmo morrido! Justificam esta quase reviravolta dos acontecimentos com as últimas pistas e com factos que ainda não podem revelar. Será que já sabem dos resultados dos testes ao sangue encontrado no quarto do alegado rapto? Seja como for, não estou convencido que seja verdade, a minha intuição me diz que desta vez a PJ não tem razão!

Grande Cândido! Ficou hoje em terceiro na subida para o alto da Torre. Quase rebentou, mas chegou a menos de um minuto do não menos grande vencedor da penúltima etapa, o espanhol Eladio Jimenez que assim lhe “roubou” a camisola amarela. Posso dizer que já há muito tempo que não vibrava tanto com o ciclismo. Torci de tal maneira pelo português que quase me cansei mais do que ele próprio! Para mim este resultado é sensacional, já que ele não é um trepador, a especialidade dele são os “sprints” e os contra-relógios! Mas com os anos ele já é especialista em quase todos os terrenos. Na geral está agora em 2º, a 33 segundos do líder, amanhã na última etapa dessa 69º Volta a Portugal em Bicicleta terá todas as hipóteses em ficar de novo em primeiro, e consequentemente ganhar a volta, já que se trata de um contra-relógio! Força, Cândido!

A vinda do rei a Beja

É linda a dama a dançar
É linda a rosa em botão
É lindo o Sol a raiar
Na linda manhã de Verão

Ai que festa! Que linda festa!
Como esta não se usou
A vinda do Rei a Beja
Foi o que mais m'agradou

Viva o Rei, viva a Rainha
Vivam todos com prazer
Uma festa como esta
Já Beja não torna a ver

Desejava, desejava
Ninguém sabe o meu desejo
Desejava, linda rosa
Em teu rosto dar um beijo

(Popular – Baixo Alentejo)

S.O.C.R.A.T.E.S.



Imagem enviada por Francisco S.

Uma reflexão

É sabido que a banca é o verdadeiro beneficiado em qualquer crise. Seja que tipo de crise for, os bancos sabem sempre como fazer o deles, mesmo com spread (pelos vistos, não encontraram palavra mais parva para o lucro....) a zero! A publicidade televisiva e radiofónica está cheia de promessas e facilidades por parte das instituições financeiras, é pegar ou largar.

Mas não é ai onde quero chegar hoje. Aliás, sim, mas noutro aspecto. Nos truques dessa publicidade. É aquela em que se quer transmitir que um tipo não precisa de ser bonito para “engatar” uma tipa dito bonita (para mim, essa tipa é tudo menos bonita....), desde que tenha uma casa. “Na tua, ou na minha?”, é o lema! Tudo bem, até ai, o tipo até é comediante, o tipo até tem a sua graça. Pelos vistos tiveram que arranjar outro género de palhaço desde da fuga dos gatos fedorentos para a RTP, enfim....

A minha “reflexão” de hoje é sobre o último episódio dessa publicidade! Como quem não quer a coisa, esse tipo de nome Simão chega a um semáforo de peões, que está vermelho, e claro, para! Passa rentinho a ele um belo descapotável com quatro parvas lá dentro a lhe gritarem essa frase, o tal lema, mas claro, na brincadeira, pelo menos assim os promotores dessa publicidade o querem fazer passar. Logo a seguir, o semáforo do Simão passa a verde e ele atravessa a rua.

Alto ai, alguém fez batota! Ou o descapotável, mais o outro automóvel na imagem, passou no vermelho, ou então, esse semáforo está avariado! É que, o Simão já tem verde, ainda tendo o braço no ar, e sendo a rua larga, o tempo entre o vermelho para os automóveis e o verde para os peões é certamente maior do que o mostrado no filme! Claro, quem é que liga a esses pormenores, o Simão tem é que ter via verde para poder levantar mais um crédito! Já tem uma mota, uma casa, ainda falta alguma coisa? Ah, pois, um carro novo....

segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Vende-se!

Os amigos são para as ocasiões. Esta velha frase se aplica aqui, no bom sentido, claro. Portanto, este automóvel aqui apresentado está à venda, está em bom estado (comprovado por mim!) e é uma pechincha, como se diz na gíria!



Dados:

Fiat Punto
1995
120.000 km
Inspecção até Maio 2008
5 portas
Revisão feita
Pneus novos

Preço: 1500€ (negociáveis!)

Interessados podem escrever para o meu mail siegfried.zig@sapo.pt

Esquecer? Isso não....

Paris, outono de 73
Estou no nosso bar mais uma vez
E escrevo pra dizer
Que é a mesma taça e a mesma luz
Brilhando no champanhe em vários tons azuis
No espelho em frente eu sou mais um freguês
Um homem que já foi feliz, talvez
E vejo que em seu rosto correm
lágrimas de dor
Saudades, certamente, de algum grande amor

Mas ao vê-lo assim tão triste e só
Sou eu que estou chorando
Lágrimas iguais
E, a vida é assim, o tempo passa
E fica relembrando
Canções do demais
Sim, será mais um, mais um qualquer
Que vem de vez em quando
E olha para trás
É, existe sempre uma mulher
Pra se ficar pensando
Nem sei... nem lembro mais....

(Vinícius de Moraes)

domingo, 12 de agosto de 2007

100 anos Miguel Torga


Se ainda fosse vivo, Miguel Torga comemorava hoje o seu 100º aniversário! Nasceu a 12 de Agosto de 1907 em São Martinho da Anta, no distrito de Vila Real, Trás-os-Montes, com o nome de Adolfo Rocha. De origens humildes, escapou ao trabalho rural por se ter destacado na escola primária e assim ingressou por um ano num seminário. Pelos vistos, esse tipo de escola não lhe agradava e foi viver aos 13 anos para o Brasil. Não foi muito feliz por essas bandas também, quanto regressou fez em Portugal em apenas três anos o liceu que era para fazer em sete. Em 1928 começou a estudar medicina e em 1933 começa a exercer essa profissão. A escrita nunca ficou de parte, e em 1934 começa a usar o pseudónimo Miguel Torga.

É uma longa história que só acaba com a sua morte, em 1995, já que ele esteve lúcido praticamente até ao seu fim! Já foi apelidado de Poeta do povo, ou então, o poeta incompreendido. Não sei porquê, mas imagino. Deve ter sido por ele ter origens humildes e escrever para toda a gente entender, e não só para as elites! Terá sido também uma das razões por não ter estado nenhum membro do nosso governo na inauguração da Casa-Museu Miguel Torga, hoje em Coimbra? Ou então, está tudo de férias! Quem é que manda a esse senhor ter nascido no meio do mês de Agosto? Elites, pois....

Pessoalmente gosto muito ler os seus poemas. Não tenho estudos superiores, considero-me do povo e gostaria de ser muito mais humilde do que sou. Sinto-me humilde, embora isso não possa parecer assim! Será isso uma das exigências para se gostar de Miguel Torga? Creio que não, porque, como disse, toda a gente entende os seus poemas.

A RTP prestou-lhe hoje uma homenagem ao transmitir o jornal da tarde num emblemático local junto ao rio Douro, penso que de nome Monte São Domingos. Este local, que tem uma das mais bonitas paisagens que conheço, serviu de inspiração para esse escritor, poeta e médico, que hoje, apesar de tudo, é reconhecido por quase toda a gente!

Para ler uma excelente biografia desse poeta, clicar aqui. A foto é do mesmo site.

No fim deste dia....

Para finalizar este dia de sábado, ficam aqui alguns pensamentos meus.

É sabido que quando um automóvel for à inspecção periódica e tiver uma emissão de gases superior à permitida, reprova, certo? Pois então, curiosamente, e falando no nosso caso de Beja, a escassos metros dessa CIV (Centro Inspecção Veículos) está a linha de comboios. Claro que uma coisa não tem nada a ver com outra, mas para mim, tem! Podem chamar-me de esquisito, mas a nossa estação tem uma locomotiva para manobrar os vagões ali parados, e cada vez que essa locomotiva liga os seus potentes motores de gasóleo polui mais a atmosfera bejense em 30 minutos do que todos os carros juntos da nossa urbe num dia inteiro! Estranho, não acham? E a inspecção ali tão perto! Dois pesos, duas medidas....

É sabido que os automóveis são cada vez mais caros, mas também cada vez mais confortáveis e seguros. Só que, muita gente nem sabe que tipo de acessórios o seu carro tem a bordo, ou nem querem saber! Pois então, é possível observar principalmente nessas alturas em que há verdadeiras caravanas (os cães ladram, mas a caravana passa) a ir e a voltar do Algarve, que muitos desses automóveis têm as luzes demasiadamente altas, o que incomoda naturalmente o trânsito que circula em sentido contrário, pois claro! Esses condutores pelos vistos ignoram que o seu popó (pelo menos os mais recentes) tem um dispositivo que regula o nível da iluminação em altura. Mas querem lá eles saber, eles estão a ver muito bem....

Falta só falar do ciclismo. Hoje na subida da Senhora da Graça ganharam os verdadeiros ciclistas, aqueles que são os mais completos. Porque para mim só na montanha é que se vê o verdadeiro valor de um atleta digno desse nome. Mas, e podem me chamar de novo de esquisito, além disso tenho milhares de km feitos em cima de um selim maioritariamente na minha juventude, penso que hoje em dia vale mais o aparecer do que o ser. É que, uma equipa trabalha para o seu líder, deixem-no durante a etapa escondido e a rolar atrás deles na “sombra” do vento para esse senhor depois aparecer sorridente a cortar a meta em primeiro lugar. Na montanha não é bem assim, eu sei, mas numa etapa dessas, como na de hoje, nem tudo é montanha! Restam só os contra-relógios para mostrarem a sua verdadeira raça....

(Já perceberam, estou chateado, o meu FCP perdeu naquela taça não sei quantos, paciência!)

Encontra-me!

Ontem foi dia de azar para a minha filha. Sem ninguém dar por isso, a cadela dela fugiu do quintal sem deixar rasto. A Lála é de raça Labrador traçado com Galgo, toda preta exceptuando pequenas manchas brancas no queixo, nas pontas das pernas da frente e na ponta da cauda. As fotos não são muito boas, são quando a cadela ainda era pequena. Agora já tem tamanho de adulto, mas não tem experiência nenhuma para andar na rua sozinha nem tem sentido de orientação!




A ler também no site Encontra-me.org no anúncio 4076!

sábado, 11 de agosto de 2007

Dia de “Porta Aberta” II

E foi assim que a nossa última acção chegou ao fim! Foi a última nos actuais moldes, já que a partir de quinta-feira a CMB vai tomar conta dos nossos cães. Ainda estamos naturalmente cheios de dúvidas, mas essas dúvidas podem ser esclarecidas com o diálogo com a câmara, assim o espero. Existe vontade de ambas as partes em superar essas dúvidas e dificuldades, temos que ser optimistas!

O resultado desta acção posso classificar de algo negativo, demos apenas dois cães e mais alguns ficaram prometidos. Estamos a meio do verão, muitos dos nossos voluntários não puderam aparecer e muito menos muita gente interessada no assunto. Talvez tivesse sido também alguma falta de divulgação, não sei! Os dois jornais bejenses com maior tiragem não publicaram a notícia, embora pedido pessoalmente por mim. O meu agradecimento vai à Rádio Pax que anunciou esta nossa acção, na RVP não ouvi nada sobre este assunto, posso no entanto estar enganado! Se for o caso, as minhas desculpas!

Pessoalmente estou de rastos, não só por causa dessas dúvidas sobre o futuro dos nossos cães, mas também por ter estado 4 horas de pé frente ao nosso canil, e ao sol. Flor de estufa, copinho de leite, eu sei. Há sempre o fabuloso Fenistil que apliquei em abundância nos braços e no pescoço. Durante a tarde o cansaço também tinha tomado conta de mim mas já estou bem! Ossos do ofício....

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Finalmente!



Imagem enviada por Francisco R.

(para melhor visualização clicar na imagem!)

Notícia triste!

Soube há pouco que faleceu o dono da Foto Baltazar, no Largo da Conceição (Frente ao Museu Regional) em Beja.

Éramos amigos de longa data, mantínhamos quase todos os dias uma conversa no fim do expediente, conversávamos sobre tudo e mais alguma coisa. Ele me dizia que por vezes sofria de baixa de tensão, por vezes desmaiava na loja e acordava largos minutos depois.

Era da minha geração, praticava desporto regularmente e não tinha vícios conhecidos!
Pergunto: O quê é que vale hoje em dia a vida???

O funeral se realiza às 9.30 horas da manha em São Matias. Devida à minha estadia na nossa acção no canil não vou poder estar presente e por essas razões dou por este meio os meus mais sentidos pêsames à família e amigos!

Até sempre, caro amigo!

Primeiro Beijo

Recebi o teu bilhete
para ir ter ao jardim
a tua caixa de segredos
queres abri-la para mim
e tu não vais fraquejar
ninguém vai saber de nada
juro não me vou gabar
a minha boca é sagrada!!

Estar mesmo atrás de ti
ver-te da minha carteira
sei de cor o teu cabelo
sei o shampoo a que cheira
já não como, já não durmo
e eu caia se te minto
havera gente informada
se é amor isto que eu sinto

Quero o meu primeiro beijo
não quero ficar impune
e dizer-te cara a cara
muito mais é o que nos une
que aquilo que nos separa

Promete lá outro encontro
foi tão fogaz que nem deu
para ver como era o fogo
que a tua boca prometeu
pensava que a tua língua
sabia a flôr do jasmim
sabe a chicla de mentol
e eu gosto dela assim

Quero o meu primeiro beijo
não quero ficar impune
e dizer-te cara a cara
muito mais é o que nos une
que aquilo que nos separa.

(Rui Veloso / Carlos Tê)

Humor

Antes de ir de fim-de-semana, algo para rir:

Cena: Um café, algures em Portugal, pela manhã....

Um português estava calmamente sentado a tomar o seu café da manhã quando um espanhol, a mastigar pastilha elástica, se senta ao seu lado.
O Português ignora o espanhol, que não se conforma e começa a puxar conversa:

Espanhol: Tu comes esse pão por inteiro?
Português (de mau humor): Claro!
Espanhol: Nós não. Nós comemos só o miolo, a côdea juntamos num contentor depois processamos, transformamos em croissants e vendemos para Portugal.
O português ouve calado!
O Espanhol insiste: Tu comes esta geleia com o pão?
Português: Claro!
Espanhol: Nós não. Nós comemos frutas frescas com o café da manhã, mandamos todas as cascas e sementes para contentores, depois transformamos em geleia e vendemos para Portugal.
Português: E o que é que vocês fazem com os preservativos depois das relações sexuais?
Espanhol: Deitamos fora, claro!
Português: Nós não. Vamos guardando tudo em contentores, processamos, transformamos em pastilhas elásticas e vendemos para Espanha....

Anedota enviada por Carla R.

Não se esqueçam, amanhã temos uma acção no nosso canil!
A ler ou reler aqui

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Músicas da minha Vida IV

Para ver outras músicas da minha vida clicar aqui

A música que vos apresento nesta edição tem para mim um significado muito especial! Trata-se de “Part of the Union” dos ingleses “Strawbs”, de 1973. Bem, diziam vocês, nesta altura eu tinha apenas 13 anos! Certo e correcto! Mas esta canção ficou conhecida na Alemanha apenas ca. um ano depois (penso eu...), e dos altos dos meus 14 anos, armado com um pequeno come-pilhas, um reprodutor de cassetes, ouvia essa canção de trás para frente. Esta canção, tal como a anterior (a da "Músicas da minha Vida III"), também está inteiramente ligada a um lugar, desta vez um na minha terra, neste caso à entrada de um, bem, hoje diria, a uma praia fluvial, ao “Badeplatz”!

Foi nas grandes férias de 74, andávamos nós, um amigo meu e dono do aparelho, pelos lados de Bodenwöhr, na Alemanha, à procura do nosso estilo musical preferido. Ele era mais Rock, do tipo Deep Purple etc. e eu era mais soft, como esta canção aqui apresentada. Pois esse amigo e colega de escola não gostava desta canção porque tinha uma parte em piano, instrumento que ele detestava. Eu adorava, e sabe-se lá se não foi nessa altura que nasceu o meu gosto em aprender tocar nesse instrumento....

As duas principais figuras desse grupo de Rock/Folk eram John Ford e Richard Hudson e tiveram antes dessa canção, e apenas com o nome “Hudson Ford”, outros grandes sucessos como “Burn Baby Burn” ou “Pick up the Peaces”, canções do mesmo estilo. Strawbs é um diminutivo para strawberries e quer dizer morangos....
.


Lyrics – Letra com tradução: "Part of the Union" dos "Strawbs"


Now I'm a union man
Agora sou um homem do sindicato
Amazed at what I am
Espantado ao que sou
I say what I think
Digo o que penso
That the company stinks
Que a firma está podre
Yes I'm a union man.
Sim, sou um homem do sindicato

When we meet in the local hall
Se nos encontramos na sala de reuniões
I'll be voting with them all
Votarei com eles todos
With a hell of a shout
Com um grito diabólico
It's “out brothers out”
Vamos embora, irmãos
And the rise of the factory's fall.
Para ver se a fábrica cede

Oh you don't get me I'm part of the union
Vocês não me apanham, faço parte do sindicato
You don't get me I'm part of the union
You don't get me I'm part of the union
Till the day I die, till the day I die.
Até ao dia que morrer

As a union man I'm wise
Como homem de sindicato, sou sábio (não ligo)
To the lies of the company spies
Às mentiras dos espiões da companhia
And I don't get fooled
E não sou enganado
By the factory rules
Pelas regras da fábrica
'Cause I always read between the lines.
Porque leio sempre entre linhas

And I always get my way
Consigo sempre o que quero
If I strike for higher pay
Se fizer greve por maior salário
When I show my card
Quando mostrar o meu cartão
To the Scotland Yard
À Scotland Yard (Polícia inglesa)
And this is what I say.
E é isso o que digo:

Oh you don't get me I'm part of the union
You don't get me I'm part of the union
You don't get me I'm part of the union
Till the day I die, till the day I die.

Before the union did appear
Antes do sindicato aparecer
My life was half as clear
A minha vida não era nada
Now I've got the power
Agora tenho o poder
To the working hour
Na hora do trabalho
And every other day of the year.
E em todos os outros dias do ano

So though I'm a working man
Embora eu seja um trabalhador
I can ruin the government's plan
Consigo estragar os planos do governo
Though I'm not too hard
Embora não seja assim tão duro
The sight of my card
A mostrar o meu cartão
Makes me some kind of superman.
Faz de mim uma espécie de superhomem

Oh you don't get me I'm part of the union
You don't get me I'm part of the union
You don't get me I'm part of the union
Till the day I die, till the day I die.

Nota:
Tenho a estranha sensação que esta canção é tão válida hoje como era antigamente....

Vídeo da canção
Como curiosidade, este vídeo é de um programa que eu adorava ver na TV alemã, o “Disco” na ZDF com o carismático apresentador Ilja Richter. Foi a última canção apresentada nesse programa, o que quer dizer que na Alemanha também chegou a estar em nº.1!

Homepage do grupo (a imagem é do mesmo site)

Ministro versus Presidente

O presidente da petrolífera portuguesa Galp declarou sentir vergonha por ter que vender a mesma gasolina mais cara em Portugal do que em Espanha, só por causa dos impostos. O ministro das finanças de Portugal, Teixeira dos Santos, desvaloriza estas declarações porque só simbolizam menos do que 1% das vendas desse produto, além disso, deixou transparecer que, face aos lucros que a Galp tem, este facto ganha ainda menos importância.

Das duas uma: ou este ministro vive na Mauritânia (juntamente com Mário Lino, no deserto....) ou então, ele tem a inteligência da porta da minha casa de banho que custa cada vez mais a fechar. Sendo ele português e dado ao facto que aparece na TV portuguesa, declino-me para a última hipótese!

Ele certamente nunca passa por uma bomba de gasolina na fronteira, do lado espanhol, fosse qual fosse a marca. São carros portugueses a atestar aos montes, para não falar dos camiões TIR que levam largos centenas de litros cada vez que abastecem. Se ele parasse numa dessas bombas, até lhe davam vivas e palmadinhas nas costas, mas claro, tinha que passar primeiro pela fronteira, e consequentemente por uma das poucas bombas do lado português ainda em actividade. Pois, ali não ficaria surpreendido se lhe fizessem um bloqueio de estrada....

É, portanto, muito mais do que esse 1% que vai para o lado espanhol. Mas há muito mais. Ele não fala, ou não quer saber, dos inúmeros postos de trabalho que já se perderam pelo facto de as bombas do lado português venderem cada vez menos, não se interessa pelo dinheiro que fica no lado espanhol, porque um português que vai atestar na Espanha de propósito (e não são assim tão poucos!) sempre deixa lá mais algum em compras ou na restauração. E, para mim o mais importante, está-se completamente nas tintas que a população portuguesa na fronteira está cada vez mais desejosa em pertencer a Espanha do que a Portugal! Mas ele está em Lisboa, o resto é apenas paisagem!

Rubricas

Como sabem, neste blog tento manter 3 rubricas que têm actualizações mais ou menos periódicas! Como alemão “certinho” (embora pouco) que sou, tentei encontrar uma maneira para fazer uma listagem destas 3 rubricas, mas dentro do meu próprio blog não foi possível! É que, continuo a ter o formato antigo dos blogues, e não o do Beta, e esse meu antigo não permite a junção de links do mesmo mês, fica todo baralhado. O Beta me obrigaria redesenhar completamente o meu sidebar (barra lateral), não tenho tempo nem paciência para isso!

Por este facto tive de criar 3 novos blogues, um para cada rubrica. Os links dos quais ficarão também nesse sidebar para futura consulta e os blogues novos serão naturalmente actualizados cada vez que escrevo um novo post dessas mesmas rubricas. Esses três novos blogues têm apenas os links para cada um dos posts das rubricas, com a data da publicação para o caso que quando ao clicar num dos links o interessado não for redireccionado directamente para o post pretendido.

Bom Português

Histórias da minha Vida

Músicas da minha Vida

quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Destaque

Gosto de visitar blogues assumidamente de Beja, e se tem nível, ainda melhor!

Vão ver que vale a pena dar uma olhadela, em

www.ooutrocrepusculo.blogspot.com

SLB!

Aqui vos apresento o novo símbolo do Benfica!

Imagem enviada por mail


Actualização 09.08.2007 - as novas botas do clube!



Imagem também enviada por mail.... (mas que maldade!)

Poetas

Ai as almas dos poetas
Não as entende ninguém;
São almas de violetas
Que são poetas também.

Andam perdidas na vida,
Como as estrelas no ar;
Sentem o vento gemer
Ouvem as rosas chorar!

Só quem embala no peito
Dores amargas e secretas
É que em noites de luar
Pode entender os poetas

E eu que arrasto amarguras
Que nunca arrastou ninguém
Tenho alma pra sentir
A dos poetas também!

(Florbela Espanca)

terça-feira, 7 de agosto de 2007

Dependendo donde vem o vento....

Este poema pode ser lido de cima para baixo, ou então, de baixo para cima (...), depende do sentido que cada um lhe quer dar!

Não te amo mais
Estarei mentindo dizendo que
Ainda te quero como sempre quis
Tenho certeza que
Nada foi em vão
Sinto dentro de mim que
Você não significa nada
Não poderia dizer mais que
Alimento um grande amor
Sinto cada vez mais que
Já te esqueci!
E jamais usarei a frase
Eu te amo!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade
É tarde demais...

(Autor desconhecido)

The Neverending Story

Esta história que nunca mais acaba podia ser muito bem a minha, mas desconfio que está longe do fim! Mas não, não é dessa que quero falar aqui hoje, mas sim, da história da pequena Madeleine. Após 3 meses do alegado rapto da pequena inglesa os telejornais continuam, por vezes, abrir com mais um episódio desta cena. Desta vez diz-se que muito provavelmente a criança terá morrido nessa fatídica noite e que a nossa PJ já sabia disso há mais de um mês! Será? Não acredito! Porque se assim fosse, os pais dela já tinham sido informados sobre esse facto, ou sobre essa suspeita. Certamente não foram já que continuam a viajar pelo mundo à procura da sua filha!

Claro que estes novos desenvolvimentos são papinha feita para a imprensa inglesa que chamou a nossa PJ de incompetente! Eles que vão mas é descobrir porquê é que na sua terra continuam a aparecer furtos de doenças nos animais e que nos deixem em paz! Por falar em animais. Dois cães ingleses terão descobertos no quarto dos acontecimentos no Algarve (sorry, Allgarve) uma mancha de sangue que alegadamente pertenciam a uma pessoa já falecida, a um cadáver. Só para quem não conhece os poderes e habilitações dos cães duvida dessa possibilidade, os cães, já que não sabem falar, têm muitos outros “skills” que os humanos maioritariamente ainda desconhecem!

A PJ, segundo a imprensa portuguesa, também desconfia do próprio casal inglês pelo assassínio da pequena Madeleine, natural e normal, já que são as pessoas mais chegadas à vítima. Mas não acredito que foram eles, porque seria muito grave se assim fosse, e por mais, ninguém consegue fazer teatro durante 3 meses e fingir que nada sabem. Por outro lado, pergunta-se porquê é que só agora foi descoberta a tal mancha de sangue, depois de ter sido “reaberto” o quarto para outros turistas lá dormirem. Eu não lá ia dormir de certeza, credo!

But, the show must go on….

segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Entrevista – A Ressaca

Após ter passado mais do que um dia e uma noite bem dormida (para variar) penso que chegou a hora para falar de novo sobre a entrevista do último domingo, mas mais sobre os acontecimentos antes e depois dela.

Claro que não foi apenas chegar lá, dizer olá sou fulano tal e começar a falar na TV. As informações dadas pela RTP à nossa presidente foram para alguém estar no lugar pouco antes da uma da tarde. Naturalmente que os meus nervos não me deixaram esperar assim tanto tempo e apareci no sítio antes do meio dia. O que me esperava foi um frenesim de montagem, com toda a gente misturada a correr de um lado para o outro!

Bem, como não tenho papas na língua (claro, tirando quando estou à frente de uma certa deusa, ali só digo baboseiras....) quem me aparece pela frente foi a própria Isabel Figueira! Nem mais! Qual estrela, qual nariz no ar. Foi do mais simpática que há, fui com ela até ao camião da regie e ali fiquei à espera da responsável pela produção. Penso que há pouca gente que se pode gabar de ter falado com esta bonita senhora a sós, nem que fosse apenas para breves segundos! Bem, durante essa espera, ela ficou ao telemóvel uma boa meia hora, certamente para falar com alguém fora de fronteiras....

Chegada essa senhora da produção, foi só combinar o essencial da entrevista e tocar em alguns pormenores. Muito rápida e despachada, e muito profissional, essa mulher! Bem, depois foi “só” preparar-me interiormente para a entrevista, tomar duche já que na TV se notam todos os pormenorzinhos, e buscar um cão do canil! Mas qual? São tantos e qualquer um merece estar na TV. Bem, estando eu sozinho, vá de buscar um pequenino. Nem reparei se era cão ou cadela, e, após uma breve conversa com a minha compatriota alemã por telemóvel se esse bicho era um dos que estava em preparação para ir além fronteiras ou não, fui-me aproximando do “local do crime”.

Encontrei logo a dita senhora da produção que me apresentou à apresentadora que ia dirigir a entrevista. Digo-vos uma coisa: essa mulher é mesmo bonita, não é só maquilhagem! A pequena cadela não se inibiu e deu logo meia volta à perna dela, e eu, pronto, tive de a tirar de lá. É um grande sacrifício meter as mãos ali, e mais uma vez, nem toda a gente se pode gabar de ter tido lá as suas mãos. Ossos do ofício! Mas a não menos inibida Margarida Barreiros pegou logo na pequena cadela ao colo, e entre beijinhos caninos a cadela ficou baptizada de À ou Há Volta....

Depois se seguiu a entrevista que eu, mais uma vez, não gostei por causa da minha prestação mas que inúmeras pessoas na rua e não só me confirmaram que correra bem, e a seguir levei a À Volta de volta ao canil. Foi um momento muito triste! Ela já se tinha habituada a mim, dava-me a mão e seguia os meus comandos. Ao parar à frente desse canil, ela ouviu os outros cães a ladrar e ficou estática! Não quis sair do carro e depois não quis entrar lá dentro. Mas tinha que ser....

Deus é grande, e quis o destino que um casal de idosos de Faro viu a entrevista e deslocou-se de propósito a Beja para adoptar a cadela! Quem tratou do assunto foi o nosso funcionário do canil que me deu posteriormente essa excelente notícia. Bem se pode agora dizer que a À Volta deu a volta ao destino e foi viver para os Algarves! Só por isso já valeu a pena ter sido entrevistado em directo pela RTP!